segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

o que é CASTIDADE?


Por: Diana García e Rosario Alfaro Martínez

Talvez algumas das perguntas mais frequentes entre os jovens sejam: Por que temos de esperar? O que é a castidade? Atualmente, poderíamos pensar que ninguém mais a vive e muito menos a promove.

A CASTIDADE consiste no domínio de si, na capacidade de orientar o instinto sexual ao serviço do amor e de integrá-lo ao desenvolvimento da pessoa.

A Igreja nos diz em “Orientações educativas sobre o amor humano”:

“A castidade é exatamente essa virtude do controle, governo, domínio, essa ginástica do coração que mantém em forma a dimensão sexual da pessoa e sua possibilidade de um amor maior”.

É a melhor forma de compreender e, sobretudo, de valorizar o amor. Não é uma negação da sexualidade, mas a melhor das preparações para a vida conjugal.

A Castidade é a virtude que nos ajuda a nos conhecer, a poder amar de verdade aos demais e nos sentir amados por eles. Viver a castidade não significa:

• Não sentir atração pelo sexo oposto

• Não ter sentimentos de atração por seu namorado ou por sua namorada

• Não ter maus pensamentos, mas freá-los no momento em que nos conscientizamos deles.

• Não ter impulsos sexuais

Tudo isto pode existir em nós, mas o importante é que aprendamos a nos controlar e tomemos as rédeas de nosso próprio corpo. Temos de dizer, no entanto, que não é a virtude mais importante da vida cristã, a virtude mais importante é o AMOR ou a CARIDADE, mas a castidade é, por assim dizer, filha desta virtude, está subordinada a ela, não se trata de agüentar-se e, sim, de se reservar para se entregar, nisso consiste a castidade.

Nenhum comentário:

CHAT - by google lively