segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

O amor é maior que o mal


:: Ouça comentário do autor
"O amor é maior que o mal..."
O sofrer é o espaço do crescer; o que hoje te frustra, pode te fazer crescer...
“Que as lágrimas da dor não te roubem a esperança do amor
Que o receio da partida não apague a intensidade do encontro
Que a decepção não te impeça de se dar a conhecer
Que a força da amizade seja a vida que ilumina o coração.
O amor é maior que o mal.
A presença é mais que a saudade
E a dor não é capaz de te destruir...
O sofrer é o espaço do crescer
O que hoje te frustra, pode te fazer vencer
Quando não se desiste de acreditar no bem.
Que o peso que há na culpa não te ausente do seu imenso valor
Que a beleza que há na arte te ensine a acreditar na vida
Que a força do perdão deixe órfão toda mágoa e divisão
Que a bondade que há no ser nos revele o amor do Criador.
"O amor é maior que o mal..."
Esse é um poema que, certa vez, escrevi meditando sobre a força da dor e do amor. Percebi que ambas têm o seu nível de determinação sobre as pessoas e o poder sobre o que somos.
No entanto, descobri que a dor um dia tem um fim. Ela – como as guerras e desastres que já ocorreram na história –, em um determinado momento, cessará. Por mais que o sofrer gere desastrosas conseqüências, ele não tem uma ação eterna e ilimitada. A dor um dia encontra sua finitude.
Além do que, a dor, se bem aproveitada, pode se tornar uma ponte para o amor e para o bem. Ou seja, pode tornar-se uma força que supera o próprio mal e dá à luz o bem.
O amor, no autêntico sentido do termo, constitui-se como uma força que nunca passa. Ele tem o poder de marcar os corações e a história, perenemente, de forma infinita. O amor é capaz de tornar o homem eterno; ele liberta o ser de apegos e valores mesquinhos, direcionando o olhar para princípios maiores, que superam toda e qualquer finitude e limitação.
O amor tem a força de ser uma linguagem entendida por todos, em todas as épocas e gerações. Ele se perpetua silenciosamente e confere ao homem a capacidade de "abrir mão" de si próprio para acompanhar e fazer feliz outros corações...
O amor é mais forte do que a morte, pois nunca acaba nem passa. Com ele sempre conseguiremos encontrar, mesmo em meio às ruínas, sentido e esperança para recomeçarmos e continuarmos acreditando no bem.

Nenhum comentário:

CHAT - by google lively