segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Programação de Janeiro

Segue a programação de Janeiro:

01/01 - Santa Missa - 10 e 18h - "maria, mãe de Deus" (Dia de Preceito);
02/01 - Missa ás 19h - 1ª sexta feira do Mês. (SCJ);
08/01 -Hora santa as 20h;
11/01 - Retorno do MEJ ás 9h;
18/01 - Momento de lazer - Atividade Externa (Local a confirmar)
20/01 - Dia de S. Sebastião
01/02 - Passeio - "Sítio do Mazombra" (Sítio da Orlanda) - Remarcado

Quaisquer duvidas entre em contato com a coordenação.

Feliz 2009

Mas um ano passa em nossas vidas, e eu espero nesse novo ano que se inicia que:

Você tenha sempre a paz em seu coração, pois felizes os que promovem a paz;
Que você aproveite a vida ao máximo, mas que nunca se esqueça de agradecer a Deus por ela;
Que somente a bondade habite em seu coração, pois a maldade não nos levará a lugar algum;
Que você não some e nem diminua seus amigos, mas que você sempre os multiplique-os e os divida com outras pessoas;
Que você consiga dinheiro para viver bem, mas que esse dinheiro nunca seja maior do que a sua humildade;
Desejo que você seja sempre alegre, mas que, para a sua alegria acontecer você não desrespeite a ninguém e nem a si mesmo;
Que você saiba reconhecer a Deus nas pequenas coisas, pois ele criou o munido e as melhores coisas que existe nele, uma dessas coisas, é você;
Que você tenha muita saúde e muita paz;
E por fim,
Que você sempre possa dizer aos seus amigos, o quanto você gosta deles e como eles são importantes para ti.

FELIZ 2009

O amor é maior que o mal


:: Ouça comentário do autor
"O amor é maior que o mal..."
O sofrer é o espaço do crescer; o que hoje te frustra, pode te fazer crescer...
“Que as lágrimas da dor não te roubem a esperança do amor
Que o receio da partida não apague a intensidade do encontro
Que a decepção não te impeça de se dar a conhecer
Que a força da amizade seja a vida que ilumina o coração.
O amor é maior que o mal.
A presença é mais que a saudade
E a dor não é capaz de te destruir...
O sofrer é o espaço do crescer
O que hoje te frustra, pode te fazer vencer
Quando não se desiste de acreditar no bem.
Que o peso que há na culpa não te ausente do seu imenso valor
Que a beleza que há na arte te ensine a acreditar na vida
Que a força do perdão deixe órfão toda mágoa e divisão
Que a bondade que há no ser nos revele o amor do Criador.
"O amor é maior que o mal..."
Esse é um poema que, certa vez, escrevi meditando sobre a força da dor e do amor. Percebi que ambas têm o seu nível de determinação sobre as pessoas e o poder sobre o que somos.
No entanto, descobri que a dor um dia tem um fim. Ela – como as guerras e desastres que já ocorreram na história –, em um determinado momento, cessará. Por mais que o sofrer gere desastrosas conseqüências, ele não tem uma ação eterna e ilimitada. A dor um dia encontra sua finitude.
Além do que, a dor, se bem aproveitada, pode se tornar uma ponte para o amor e para o bem. Ou seja, pode tornar-se uma força que supera o próprio mal e dá à luz o bem.
O amor, no autêntico sentido do termo, constitui-se como uma força que nunca passa. Ele tem o poder de marcar os corações e a história, perenemente, de forma infinita. O amor é capaz de tornar o homem eterno; ele liberta o ser de apegos e valores mesquinhos, direcionando o olhar para princípios maiores, que superam toda e qualquer finitude e limitação.
O amor tem a força de ser uma linguagem entendida por todos, em todas as épocas e gerações. Ele se perpetua silenciosamente e confere ao homem a capacidade de "abrir mão" de si próprio para acompanhar e fazer feliz outros corações...
O amor é mais forte do que a morte, pois nunca acaba nem passa. Com ele sempre conseguiremos encontrar, mesmo em meio às ruínas, sentido e esperança para recomeçarmos e continuarmos acreditando no bem.

Como conversar com quem você ama


Para nos relacionar bem com quem amamos, para se ter uma boa conversa ou um dialogo bem sucedido estejamos atentos há algumas regras:

1. Esteja atento aos pensamentos e sentimentos.

“Sabeis isto, meus amados irmãos; todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar”. (Tiago 1:19.) Se quisermos produzir relacionamentos carinhosos, precisamos tornar-nos bons ouvintes antes mesmo de pensar em como falar. A comunicação afetuosa envolve compreensão entre duas mentes e dois corações. Precisamos saber o que a outra pessoa está pensando ou sentindo, a fim de responder de um jeito que promova o bom relacionamento.
Ouvir é uma arte que não herdamos naturalmente; ela precisa ser cultivada. Primeiramente, não interrompa a outra pessoa até que ela acabe de falar. Quando estamos ouvindo, somos tentados a pensar em respostas e contestações. Por isso achamos que podemos interromper para defender nosso ponto de vista. Essa atitude transmite a mensagem: “Preocupo-me mais com o que estou pensando do que com o que você está dizendo”.
Em segundo lugar, preste toda a atenção ao que o ser amado está dizendo.
Naturalmente, isso não significa que devemos concordar com tudo o que ouvimos. Afinal, temos nossos próprios gostos . Mas podemos aceitar os julgamentos e sentimentos de outrem como representativos de seus pensamentos e emoções.”

Por fim, procure aperceber-se do significado da mensagem que esta recebendo .Saber ouvir é a receita certa para um bom relacionamento. Ouvir é respeitar as idéias a opinião do outro.

2. Seja tardio em falar.

Pense cuidadosamente sobre o assunto. Fale de modo que a pessoa possa entender o que você diz.
Ouvir atentamente ajudará na formulação da melhor resposta. Contribuirá para prevenir a tendência de dizer o que vem à mente sem reflexão sobre o assunto.
Uma maneira segura de conseguir o apoio do ouvinte é assumir a responsabilidade pelos sentimentos expressos.

Quando ouvimos bem o outro e damos espaço para que ele seja transparente ,criamos em nós também o discernimento necessário para quando falar,o que falar ,e não querer ter sempre a razão das situações.

3. Não transforme pontos secundários em pontos importantes.

Ninguém é perfeito. A pessoa amada provavelmente tem hábitos que você acha desagradáveis. Algumas pessoas tendem a dimensioná-los para caracterizar todo o relacionamento, usando descuidadamente palavras como sempre e nunca. “Você está sempre atrasado”. “Você nunca me elogia”. Essas são expressões extremadas e que não expressam a verdade.

Relacionamentos importantes precisam ser baseados em comunicação honesta. Portanto, não devemos exagerar as faltas dos outros, mas sempre dizer a verdade. Notem, porém: A verdade deve ser dita com amor, com caridade. “O amor….não se irrita, não suspeita mal”. (I Coríntios 13:5.) Ser totalmente honesto e ainda completamente bondoso é o segredo da verdadeira comunicação com aquele que se ama.

4. Não frustre o ser amado com o tratamento do silêncio.

Uma pessoa pode optar pelo silêncio por diferentes razões. Alguém pode querer punir a outrem, esperando que o problema desapareça se for ignorado. Pode achar que o silêncio vale ouro, porque com o tempo o problema se resolve por si mesmo, ou sentir que ficar calado fará alguma diferença.

Nenhuma das razões acima funciona — simplesmente erguem muros e barram a comunicação, o dialogo. Nem sempre o silencio é o melhor amigo. Sim ao dialogo,transparecer com fatos verdadeiros o que se sente é muito importante. Não se pode guardar para falar no outro dia o que não esta totalmente resolvido.

5. Aprenda a discordar sem brigar.

Duas pessoas nem sempre concordam em tudo. Mas quando você discorda da pessoa a quem ama, é possível fazê-lo de maneira calma e respeitosa, concentrando-se sobre o problema e evitando ataques. Dando oportunidades ao outro.
O amor não é um sentimento tépido e indistinto. O amor é a decisão de se preocupar com a outra pessoa e promover seu bem-estar. É querer fazer o outro feliz.
Por isso nem sempre podemos querer ser os donos da razão, discordar não é ser indiferente ao que o outro pensa.

6. Não responda quando estiver zangado.

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira”. (Provérbios 15:1.) “Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira”. (Efésios 4:26.) :
1. Admita-o (isto é algo freqüentemente difícil de fazer). Precisamos assumir a responsabilidade por nossas emoções.

2. Analise-o objetivamente. Pergunte- se por que está tão contrariado. Por que essa explosão emocional? Ela faz sentido?
3. Aja de maneira inteligente e saudável, controlando suas emoções.
4. Abandone-a depois de reconhecer que a ira não compensa seu custo em estresse e relações prejudicadas. Não podemos mudar o que já aconteceu, mas podemos escolher como reagir a isso.

7. Confesse e peça perdão.

Quando duas pessoas estão intimamente ligadas, inevitavelmente já se ofenderam muitas vezes. Quando você sabe que está errado, admita-o e peça perdão. Mesmo que julgue não ser o culpado, expresse tristeza por seu relacionamento ter sido prejudicado e ofereça- se para fazer o que for para reparar o dano.

“Confessai vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis”. (Tiago 5:16.) É isso que as pessoas que se querem bem precisam fazer para manter forte e terno o relacionamento.
E quando alguém que você ama faz lhe confissão e pede perdão, perdoe-o de coração. Não espere até se sentir disposto. Toda vez que perdoar alguém, esqueça a ofensa e não volte à carga. Recapitular ofensas passadas impede que o relacionamento cresça.

8. Não censure.

Se você já fez críticas alguma vez, provavelmente descobriu que a outra pessoa se torna mais defensiva em relação a elas. As pessoas não mudam porque alguém quer que elas mudem. Elas o fazem quando possuem motivação interior. Não podemos mudar as pessoas para elas se tornarem como queremos que sejam, isto seria manipulação”.

4 “Na relação de casados, em vez de esperar que nossas necessidades sejam satisfeitas, precisamos procurar satisfazer as necessidades do cônjuge”.5
Se houver necessidade de mudança, uma das opções é sentar-se com a outra pessoa e de modo afetuoso, caridoso pedir ajuda e sugestões sobre como conseguir a mudança de atitude. Se for uma situação familiar, o tempo da reunião em família é o momento ideal para esse tipo de discussão.
9. Procure o lado positivo.

Talvez certos comportamentos da pessoa amada ou seus traços de caráter o irritem. A tendência natural é criticá la. É fácil culpar o outro por situações insatisfatórias. Mas isso simplesmente não funciona. Tendemos a pensar que se apontarmos as faltas do outro, ele ficará agradecido pela ajuda e procurará se reformar. Com efeito, a pessoa sempre buscará se defender. Uma relação nunca é favorecida pela imputação de culpa ao companheiro.
Ao contrário, as pessoas crescem quando são elogiadas por aquilo que estão fazendo direito. Descubra os pontos de caráter mais fortes no seu companheiro (a) e enfatize-os.

Os relacionamentos crescem quando dizemos a nossos namorados, noivos ,cônjuges, filhos ou a quem quer que seja, que os amamos e que eles são valiosos para nós. Quando eles reconhecem que são importantes, portam-se de maneira importante.

10. Reconheça que a pessoa amada tem o direito de ser diferente de você.

Deus aprecia a diversidade. Nós a vemos em toda a criação. Não há duas pessoas ou flocos de neve que sejam iguais. Não é preciso que os outros sejam como nós, embora sejamos um (como marido e mulher ou como família), contudo, cada um de nós é único e distinto. Se apreciarmos essas diferenças, poderemos ampliar nossa experiência e aprender como crescer. Onde a diversidade é respeitada e a singularidade afirmada, o amor floresce.
Recapitule essas dez dicas e assinale uma ou mais nas quais você gostaria de melhorar.

Com o auxílio de Deus, faça um esforço decidido para desenvolver maneiras novas e mais perfeitas de se comunicar com as pessoas que lhe são importantes.

Durante o namoro, quais são os limites?


Amor, prazer ou necessidade de ternura?

A atração que uma pessoa pode sentir por outra é uma experiência por vezes maravilhosa e embriagante. Descobrimos ao mesmo tempo a ternura, a emoção do coração e do corpo quando vemos o outro, no contato com o outro.

Este prazer experimentado pela proximidade de alguém, dá o desejo de o viver ainda mais intensamente, de ir mais longe na relação.

Ora, dar-se as mãos, beijar-se, tocar-se já é bastante. Todos estes gestos de ternura, de amor nos comprometem um com o outro. Nenhum é inofensivo, quaisquer que sejam os sentimentos que se vivam.

Eis porque é importante dar tempo para se perguntar se os gestos que fazemos têm o mesmo significado para cada um de nós dois. É por amor, por simples prazer, por necessidade de ternura? Estas atitudes não nos comprometem mais do que aquilo que pensamos? Se vivemos todos os gestos do amor e nos damos um ao outro, será que ainda podemos discernir verdadeiramente com clareza quais são os nossos sentimentos?

Para viver da melhor forma esta relação de ternura diferente da que é vivida no casamento, pois o dom total do corpo se fará num compromisso definitivo, estejamos atentos às reações e à sensibilidade do outro. É o momento de aprender o domínio de si mesmo.

Podemos ser tentados, sobretudo se já nos conhecemos há muito tempo, a ter gestos mais íntimos: perguntemo-nos se o que nos guia é exprimir a nossa ternura, ou o desejo pelo outro.

Se estamos verdadeiramente atraídos um pelo outro, não será o momento de nos colocarmos a questão do casamento? Quantos casamentos que acabaram mal, não teriam sequer acontecido se o homem e a mulher tivessem tido tempo para se conhecerem um ao outro em toda a liberdade.

Numa sociedade em que os slongans publicitários repetem sem cessar as palavras “instantâneo, imediatamente”, e em que queremos ter “tudo e já”, vejam bem que
é preciso tempo para edificar a relação interpessoal de marido e mulher e que
o teste do amor é o compromisso duradouro.

João Paulo II aos jovens das Ilhas Maurícias,

o que é CASTIDADE?


Por: Diana García e Rosario Alfaro Martínez

Talvez algumas das perguntas mais frequentes entre os jovens sejam: Por que temos de esperar? O que é a castidade? Atualmente, poderíamos pensar que ninguém mais a vive e muito menos a promove.

A CASTIDADE consiste no domínio de si, na capacidade de orientar o instinto sexual ao serviço do amor e de integrá-lo ao desenvolvimento da pessoa.

A Igreja nos diz em “Orientações educativas sobre o amor humano”:

“A castidade é exatamente essa virtude do controle, governo, domínio, essa ginástica do coração que mantém em forma a dimensão sexual da pessoa e sua possibilidade de um amor maior”.

É a melhor forma de compreender e, sobretudo, de valorizar o amor. Não é uma negação da sexualidade, mas a melhor das preparações para a vida conjugal.

A Castidade é a virtude que nos ajuda a nos conhecer, a poder amar de verdade aos demais e nos sentir amados por eles. Viver a castidade não significa:

• Não sentir atração pelo sexo oposto

• Não ter sentimentos de atração por seu namorado ou por sua namorada

• Não ter maus pensamentos, mas freá-los no momento em que nos conscientizamos deles.

• Não ter impulsos sexuais

Tudo isto pode existir em nós, mas o importante é que aprendamos a nos controlar e tomemos as rédeas de nosso próprio corpo. Temos de dizer, no entanto, que não é a virtude mais importante da vida cristã, a virtude mais importante é o AMOR ou a CARIDADE, mas a castidade é, por assim dizer, filha desta virtude, está subordinada a ela, não se trata de agüentar-se e, sim, de se reservar para se entregar, nisso consiste a castidade.

sábado, 27 de dezembro de 2008

Uma Nova Chance


Formações


Uma nova chance

Não deixe morrer a esperança que está dentro de você





:: Ouça comentário do autor





É final de mais um ano! As luzes, as cores e um misto de despedidas e expectativas fazem esta época ser diferente de todas.

Trocamos presentes, nos confraternizamos, fazemos planos, balanços, viajamos; mas não é só isso. O encanto deste tempo também desperta nossos sonhos e nos enche de esperança. É um momento favorável para contemplarmos o que vivemos, celebrarmos as vitórias e alimentarmos a expectativa feliz à espera das coisas boas que podemos realizar no ano que vem.


Revendo nossa agenda, companheira de todos os dias, percebemos que tudo o que vivemos foi construtivo, mesmo os momentos difíceis. Quanto aos acertos, buscamos formas de torná-los mais freqüentes; nos erros, descobrimos as lições que eles sempre nos trazem. Sendo assim, analisar os acontecimentos é um passo importante que não pode parar em si mesmo, deve nos encorajar a lutar por aquilo que acreditamos, alimentar nossos sonhos e favorecer a realização. Sem planos e perspectivas, corremos o sério risco de pararmos no que já se foi e vivermos saudosos das vitórias, ou amargurados pelas derrotas. Coragem!


Esta é a proposta que lhe faço hoje. Não deixe morrer seus sonhos, não pare de lutar. O que não deu certo este ano, pode dar no ano que começa. Não deixe morrer a esperança que está dentro de você, talvez sufocada por algum fracasso. Acredite, você está viva! O novo ano é sempre restaurador; é Deus nos dando uma nova chance para recomeçarmos. Existe uma esperança no ar e eu a anuncio: “O Verbo Divino se fez carne e está entre nós...”. Já não estamos sozinhos, temos Deus conosco. O clima de mudanças é favorável, façamos bom proveito dele!


Muitas vezes, o que precisa mudar não são as pessoas nem mesmo as situações que consideramos difíceis, mas nossa maneira de lidarmos com elas. Esses dias, recebi de uma amiga seu depoimento que reforça o que digo. Ela escreveu assim:


“...Confesso que tenho lutado com mais afinco para viver bem o momento presente, aprendi este segredo e partilho com você. Hoje, não paro nas preocupações e me poupo do sofrimento de pensar no futuro, pois ele não depende de mim.

Já sofri demais, chorei demais, mas agora eu sei, preciso estar somente com Jesus. É difícil explicar com palavras, mas espero que me entenda... Sinto como se fosse um bálsamo sustentando e evolvendo meu coração, ajudando-me a ser melhor e fazendo-me permanecer firme. Este bálsamo é a presença de Deus que não me deixa desanimar.

Poderia estar queixando-me de tantas coisas, mas para que, se tem tanta gente sofrendo mais do que eu? Sofrendo a dor de não ter esperança, pois não conhece Deus. Sofrendo por ser escravo do pecado ou, simplesmente, porque se acostumou a sofrer.

Deus tem sempre o melhor para cada um de nós. Foi o que Ele me disse durante esta semana num momento de oração. Eu quero acreditar nisso e na essência do meu nada encontrar meu tudo. Eu quero recomeçar!”


Eu também quero recomeçar. E você? Acredito que já temos uma excelente dica para iniciarmos o ano de um jeito novo e planejar viver assim a cada dia,. Talvez, esse seja o caminho para a felicidade tão desejada.


Tirarmos os olhos do negativo e contemplarmos a beleza que está ao nosso alcance, agradecermos pelo que temos recebido e reconhecer que somos amados e cuidados por Deus, sairmos de nós mesmos e tentarmos amenizar a dor de quem sofre mais que nós, partilhar o que temos e somos fazendo valer nossa fé que se traduz em obras. Certamente, são metas que colaboram para que, de fato, tenhamos Boas Festas e Feliz Ano Novo! Ou ainda, boa vida e feliz Mundo Novo a partir do princípio de que o mundo muda quando nós mudamos.

Temos uma nova chance. “Passou o que era velho, eis que tudo se faz novo!” (II Coríntios 5,17). Em 2009, continuamos juntos!



Dijanira Silva

A Pureza do Olhar


Formações


A pureza do olhar

É olhar com carinho para o outro




Ter olhos puros é ter uma conexão direta com nosso coração. Quando Deus transforma o nosso jeito de pensar, modifica também o nosso jeito de olhar as coisas e as pessoas. Vemos as coisas com os olhos da pureza, sem preconceito. Olhar as pessoas com pureza significa permitir que elas sejam vistas por nós como se estivessem sendo vistas por Jesus.


É muito bonito descobrirmos que, na oportunidade de encontrar o outro, também encontramos um pouquinho daquilo que somos. Há duas formas da fazermos isso: nos alegrando quando vemos, refletido no outro, um pouco daquilo que temos de bom. Mas também podemos nos entristecer, quando vemos o que o outro tem de ruim e descobrimos que somos ruins também daquele jeito.

Por isso é natural que, muitas vezes, aquilo que eu escuto de ruim do outro eu acabo não gostando, porque, na verdade, ele me mostra o que eu sou.


Ter a pureza no olhar significa você se despir de tudo e começar a olhar com carinho e liberdade para aquilo que o outro é, permitindo que esse seja o encontro frutuoso, tanto para nos mostrar o que temos de bom e para nos indicar no que precisamos ser melhor.


Neste dia de Santa Luzia, desejo que todos nós tenhamos os olhos puros.





Padre Fábio de Melo

Natal Informátivo

Natal Informático

(Gerardo Cabada Castro)




Dê um CLIQUE DUPLO neste NATAL!
ARRASTE JESUS
para seu DIRETÓRIO PRINCIPAL,
SALVE-O em todos seus ARQUIVOS PESSOAIS,.
SELECIONE-O como seu DOCUMENTO MESTRE..

Que ele seja seu MODELO
para FORMATAR sua vida:
JUSTIFIQUE-a e ALINHE-a
À DIREITA e À ESQUERDA,
sem QUEBRAS na sua caminhada.

Que JESUS não seja apenas
um ÍCONE, um ACESSÓRIO,
uma FERRAMENTA, um RODAPÉ,
um PERIFÉRICO,
um ARQUIVO TEMPORÁRIO,
mas o CABEÇALHO,
a LETRA CAPITULAR,
a BARRA DE ROLAGEM
de seu caminhar.

Que Ele seja a FONTE de energia
para sua ÁREA DE TRABALHO,
o PAINTBRUSH
para COLORIR seu sorriso,
a CONFIGURAÇÃO de sua simpatia,
a NOVA JANELA para VISUALIZAR
o TAMANHO de seu amor.

No seu dia-a-dia, seja Ele
o PAINEL DE CONTROLE
para DESFRAGMENTAR sua vida,
fazer DOWNLOAD de seus sonhos
e OPTIMIZAR suas realizações.

DESATIVE seu egoísmo,
COMPACTE suas liberdades,
CANCELE seus RECUOS,
e DELETE seus ERROS.

COMPARTILHE seus RECURSOS,
ACESSE o coração de seus amigos.
e ESCANEIE para eles
o que você tem de bom.

Não deixe à MARGEM ninguém,
ABRA as BORDAS de seu coração
e REMOVA dele o VÍRUS do desamor.

Antes de SAIR,
coloque JESUS nos seus FAVORITOS
e seu NATAL será o ATALHO
para sua felicidade!

CLIQUE agora em OK
para REINICIAR e ATUALIZAR
seus CONTEÚDOS!


Mil beijos a todos
Érika Souza

sábado, 29 de novembro de 2008

Novas Músicas no Nosso Myspace

Olá Amigos Mejistas
Estou Aqui Para Comunicar
Sobre 2 Novas Músicas no Nosso Perfil do Myspace
As Músicas São:

- Soul de Cristo ( Itallo Villar)
- Ès Meu Rei ( Eterna Aliança)

Acesse e Confira:
www.myspace.com/canalmej

domingo, 23 de novembro de 2008

Mais Novidades do Mej

Olá Amigos do Mej
Em Breve Estaremos Com Mais Novidades
2008 Está Acabando , Mas o Fim do Ano Promete
Continuem Visitando o Nosso Blog
e Também o Nosso Myspace:

www.myspace.com/canalmej

Um Só Coração e Uma Só Alma !!!!!

Ano Liturgico

Ano litúrgico
O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória dos Santos.
Tempos litúrgicos
Estes tempos litúrgicos existem em toda a Igreja Católica. Há apenas algumas diferenças entre os vários ritos, nomeadamente em relação à duração de cada um e à data e importância de determinadas festividades. A descrição que se segue corresponde ao Rito romano.
Tempo do Advento
O Tempo do Advento possui dupla característica: sendo um tempo de preparação para as solenidades do Natal, em que comemoramos a primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, é também um tempo em que, por meio desta lembrança, se voltam os corações para a expectativa da segunda vinda de Cristo no fim dos tempos. Por esse duplo motivo, o tempo do Advento se apresenta como um tempo de piedosa expectativa da vinda do Messias, além de se apresentar como um tempo de purificação de vida. O tempo do Advento inicia-se quatro domingos antes do Natal e termina no dia 24 de Dezembro, desembocando na comemoração do nascimento de Cristo. É um tempo de festa, mas de alegria moderada.

Tempo do Natal
Após a celebração anual da Páscoa, a comemoração mais venerável para a Igreja é o Natal do Senhor e suas primeiras manifestações, pois o Natal é um tempo de fé, alegria e acolhimento do Filho de Deus que se fez Homem. O tempo do Natal vai da véspera do Natal de Nosso Senhor até o domingo depois da festa da Epifania, em que se comemora o Batismo de Jesus. No ciclo do Natal são celebradas as festas da Sagrada Família, de Maria, mãe de Jesus e do Batismo de Jesus.

Tempo da Quaresma
O Tempo da Quaresma é um tempo forte de conversão e penitência, jejum, esmola e oração. É um tempo de preparação para a Páscoa do Senhor, e dura cerca de quarenta dias. Neste período não se diz o Aleluia, nem se colocam flores na Igreja, não devem ser usados muitos instrumentos e não se canta o Glória a Deus nas alturas, para que as manifestações de alegria sejam expressadas de forma mais intensa no tempo que se segue, a Páscoa. A Quaresma inicia-se na Quarta-feira de Cinzas, e termina na manhã de Quinta-feira Santa.

Tríduo Pascal
O Tríduo Pascal começa com a Missa da Santa Ceia do Senhor, na Quinta-Feira Santa. Neste dia, é celebrada a Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio, e comemora-se o gesto de humildade de Jesus ao lavar os pés dos discípulos.
Na Sexta-Feira Santa celebra-se a Paixão e Morte de Jesus Cristo. É o único dia do ano que não tem Missa, acontece apenas uma Celebração da Palavra chamada de “Ação ou Ato Litúrgico”.
Durante o Sábado Santo, a Igreja não exerce qualquer acto litúrgico, permanecendo em contemplação de Jesus morto e sepultado.
Na noite de Sábado Santo, já pertencente ao Domingo de Páscoa, acontece a solene Vigília pascal. Conclui-se, então, o Tríduo Pascal, que compreende a Quinta-Feira, Sexta-Feira e o Sábado Santo, que prepara o ponto máximo da Páscoa: o Domingo da Ressurreição.

Tempo Pascal
A Festa da Páscoa ou da Ressurreição do Senhor, se estende por cinqüenta dias entre o domingo de Páscoa e o domingo de Pentecostes, comemorando a volta de Cristo ao Pai na Ascensão, e o envio do Espírito Santo. Estas sete semanas devem ser celebradas com alegria e exultação, como se fosse um só dia de festa, ou, melhor ainda, como se fossem um grande domingo, vivendo uma espiritualidade de alegria no Cristo Ressuscitado e crendo firmemente na vida eterna.

Tempo Comum
Além dos tempos que têm características próprias, restam no ciclo anual trinta e três ou trinta e quatro semanas nas quais são celebrados, na sua globalidade os Mistérios de Cristo. Comemora-se o próprio Mistério de Cristo em sua plenitude, principalmente aos domingos. É um período sem grandes acontecimentos, mas que nos mostra que Deus se faz presente nas coisas mais simples. É um tempo de esperança acolhimento da Palavra de Deus. Este tempo é chamado de Tempo Comum, mas não tem nada de vazio. É o tempo da Igreja continuar a obra de Cristo nas lutas e no trabalho pelo Reino. O Tempo Comum é dividido em duas partes: a primeira fica compreendida entre os tempos do Natal e da Quaresma, e é um momento de esperança e de escuta da Palavra onde devemos anunciar o Reino de Deus; a segunda parte fica entre os tempos da Páscoa e do Advento, e é o momento do cristão colocar em prática a vivência do reino e ser sinal de Cristo no mundo, ou como o mesmo Jesus disse, ser sal da terra e luz do mundo.
O Tempo Comum é ainda tempo privilegiado para celebrar as memórias da Virgem Maria e dos Santos.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Sob Nova Direção


O Canal MEJ agora conta com mais um autor!
Fabiano!
Ele agora passará a ser responsável pelas postagens aqui pra galera estar sempre por dentro do que acontece no MEJ e fora dele.
Seja MUITO bem-vindo!

terça-feira, 19 de agosto de 2008

JOVENS, VOCÊS POSSUEM FORÇAS!!!

A juventude é uma fase da vida que exige muita disciplina e conhecimento de si próprio.
O jovem age por impulsos e nem sempre estes são favoráveis à sociedade e ao próprio indivíduo.
Na atualidade e assim como em todos os tempos, a juventude é de extrema importância para a sociedade e para a Igreja. O jovem é rico em perspectivas e planejamentos, ele é inteligente e ágil com suas responsabilidades e não desanima facilmente diante das intempéries do mundo.
Com extrema vitalidade e coragem, o jovem Cristão assume o compromisso com Jesus através da Igreja e a Igreja, Corpo Místico de Cristo, o qual Ele mesmo é a Cabeça, proporciona através de ações pastorais e atividades espirituais, tais como: Oração pessoal, oração comunitária, participação na comunidade, leitura orante da Bíblia, vivência dos Sacramentos, devoção à nossa Senhora, diversos encontros e retiros espirituais e as leituras e reflexões particulares, a missionariedade do discípulo, uma vez que seja jovem, obtendo maior desempenho por parte de sua dimensão evangelizadora, anunciando o Cristo ressuscitado a outros jovens, que por imposição do "mundo", não conheçem e, menos ainda, não têm uma experiência com o Sagrado. Portanto o papel da juventude na Igreja vai além daquio que imaginamos e designamos, os jovens são mais do que a Igreja de amanhã, eles são a Igreja hoje com toda a sua plenitude e determinação, os jovens são os grandes embaixadores da esperança, são os operários da Messe do Senhor na construção do Reino da Paz, da Justiça e do Amor.
Jovens, busquem os mais altos ideais, não tenham medo.
Escolham TUDO, não desejeis "apenas" um pouco da santidade daque'Ele que vos chama a serem santos, sejam portanto, santos por COMPLETO.
Cristo não carregou apenas uma parte da Sua cruz, Ele carregou-a inteira, e não salvou apenas alguns, Ele salvou a todos, Ele fez por COMPLETO aquilo que lhe foi confiado, portanto busqueis essa santidade da mesma forma com que Ele a deseja para vós, TUDO!!!

domingo, 10 de agosto de 2008

Sedes Santos


Precisamos de Santos sem véu ou batina.Precisamos de Santos de calças jeans e tênis. Precisamos de Santos que vão cinema, ouvem música e passeiam com os amigos. Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se "lascam" na faculdade. Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade. Precisamos de Santos modernos, Santos do século XXI com uma espiritualidade inserida em nosso tempo. Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais. Precisamos de Santos que vivam no mundo, se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo. Precisamos de Santos que bebam Coca-Cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem discman. Precisamos de Santos que amem a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomar um refri ou comer pizza no fim-de-semana com os amigos.Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de esporte. Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros. Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos.


Carta de João Paulo II aos Jovens

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

A Eucaristia precisa ser a fonte e o ápice da nossa vida


Santa Missa é o lugar em que se esconde o abismo da santidade de Deus, que se derrama na alma e na vida de cada fiel ao receber o Senhor da Eucaristia. O encontro da pequenez de cada homem com o abismo de amor de um Deus tão grande que se rebaixa para entrar na vida do ser humano e possuí-lo por inteiro. Somos capazes de nos perder nesse abismo de amor para ser encontrados por Ele. Em Jesus descobrimos as profundezas da nossa própria humanidade, mesmo nos sentindo abismados diante do mistério que é a real presença de Cristo na Eucaristia.
Na Celebração Eucarística precisamos ter uma atitude interior de devoção, porque não experimentamos algo simples ou fantasioso, mas algo real e totalmente sobrenatural. Por isso, precisa acontecer uma mudança de mentalidade e uma atitude interior de profunda gratidão a Deus por tão grande presente a cada um de nós de participarmos da Sua vida divina.
A Eucaristia precisa ser a fonte e o ápice da nossa vida como seguidores de Cristo, pois Ele nos dá a oportunidade de participarmos de Bodas Eternas d’Ele. Ao entrar em uma Missa entramos no tabernáculo de Deus e temos a oportunidade de vê-Lo face a face. Nessa celebração [Santa Missa] precisamos sentir o enlevo – o dom do deslumbre e da admiração.
“O pão e o vinho consagrados na Eucaristia sempre constituíram para a Igreja uma genuína parusia. O advento de Cristo a Seu povo na Sagrada Hóstia e no Precioso Sangue é uma vinda na glória, ainda que esta glória não deslumbre nossos sentidos físicos” (Scott Hahn). É retirado o véu do Santuário, pois somente são capazes que compreender com os sentidos da fé aqueles que se deixam ser envolvidos pela presença do céu e do seu Divino Salvador.
Cristo está presente na Eucaristia, sobre o altar, vindo para se dar gratuita e amorosamente em alimento para o homem; a única resposta é aceitar e prestar-Lhe uma adequada adoração.
O fiel não pode parar no enunciado de palavras, mas no ato de fé, na realidade que chega, o Cristo se faz presente de maneira gloriosa. Pois a Eucaristia é a vinda de Jesus. Por isso, segunda vinda de Cristo e a Eucaristia têm uma ligação estreita. A Eucaristia é a esperada parusia de Cristo; claro que não que não a parusia final, porém ela é a parusia aqui e agora.
O Sacrifício Eucarístico é cheio da Glória de Deus: “Que toda carne mortal silencie, e se imobilize de medo e temor, e medite sobre tudo isso com o coração totalmente voltado para o Céu, pois o Rei dos reis e Senhor dos Exércitos, o Cristo, nosso Senhor e Deus vem adiante de nós” (São Tiago de Jerusalém).
Diante de tudo isso, precisamos tomar uma atitude concreta na nossa participação da Santa Missa. Não estamos participando de qualquer coisa ou algo simbólico, mas estamos experimentando o mais importante da nossa vida: a Eucaristia. Que resposta podemos dar para Deus a partir dessa leitura? Deus quer que demos o nosso melhor para Ele ao vivenciarmos a Santa Missa.

domingo, 20 de julho de 2008

O VALOR DA AMIZADE

Numa aldeia vietnamita, um orfanato dirigido por um grupo de missionáriosfoi atingido por um bombardeio. Os missionários e duas crianças tiverammorte imediata e as restantes ficaram gravemente feridas. Entre elas, umamenina de oito anos, considerada em pior estado. Era necessário chamarajuda por uma rádio e ao fim de algum tempo, um médico e uma enfermeira daMarinha dos EUA chegaram ao local.Teriam que agir rapidamente, senão a menina morreria devido aostraumatismos e à perda de sangue. Era urgente fazer uma transfusão, mascomo? Após alguns testes rápidos, puderam perceber que ninguém ali possuíao sangue preciso. Reuniram então as crianças e entre gesticulações,arranhadas no idioma, tentavam explicar o que estava acontecendo e queprecisariam de um voluntário para doar o sangue. Depois de um silênciosepulcral, viu-se um braço magrinho levantar-se timidamente. Era um meninochamado Heng. Ele foi preparado às pressas ao lado da menina agonizante eespetaram-lhe uma agulha na veia. Ele se mantinha quietinho e com o olharfixo no teto. Passado algum momento, ele deixou escapar um soluço e tapouo rosto com a mão que estava livre. O médico lhe perguntou se estava doendoe ele negou. Mas não demorou muito a soluçar de novo, contendo as lágrimas.O médico ficou preocupado e voltou a lhe perguntar, e novamente ele negou.Os soluços ocasionais deram lugar a um choro silencioso mas ininterrupto. Eraevidente que alguma coisas estava errada.Foi então que apareceu uma enfermeira vietnamita vinda de outra aldeia. Omédico pediu então que ela procurasse saber o que estava acontecendo comHeng. Com a voz meiga e doce, a enfermeira foi conversando com ele eexplicando algumas coisas, e o rostinho do menino foi se aliviando... minutos depois ele estava novamente tranqüilo.A enfermeira então explicou aos americanos: "Ele pensou que ia morrer; nãotinha entendido direito o que vocês disseram e estava achando que ia terque dar todo o seu sangue para a menina não morrer."O médico se aproximou dele e com a ajuda da enfermeira perguntou:- "Mas se era assim, porque então você se ofereceu a doar seu sangue?"E o menino respondeu simplesmente:- "Ela é minha amiga."


terça-feira, 15 de julho de 2008

Fotos da Festa Caipira














E pra quem não viu....
Um apanhado geral das fotos julinas publicadas no Orkut da galera.
Foi muito divertido!!!! lol lol lol lol

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Nova Ferramenta no Blog

Oi amados!
Bom , venho apenas esclarecer do que se trata esta figura que agora se encontra ao final da página do blog. Trata-se da mais nova onda do GOOGLE, é o Lively. Ele é, na verdade, um chat só que todo em 3d e você cria sua "cara" na sala para que os outros lhe vejam e possam falar com você (como nos chats que conhecemos). Nós já temos a nossa sala de bate-papo criada e para entrar, basta ter o Google Lively instalado no pc e acessar a imagem que está lá no final do nosso BLOG.
Espero poder encontrar alguns de vocês na nossa sala que ainda está em construção!
Para baixar o Google Lively clique aqui.

terça-feira, 8 de julho de 2008

JMJ 2008 - ENTREVISTA

Segue ai para gente conferir entrevista com Beta lá de Brasília, que estará viajando comigo na Jonada Mundial da Juventude e está muito empolgada..espero que gostem, A paz de Jesus e o amor de Maria!!!

1) Nome, ocupação e idade:

- Roberta Gomes, Jornalista, 24 anos.

2)Quais as suas espectativas em relação a JMJ2008?

- espero q esta jornada seja uma amostra viva de que a juventude católica mundial está mais ativa do que nunca.

3)Roberta, o que Deus representa em sua vida?

- Deus pra mim representa tudo. É meu melhor amigo,melhor conselheiro. Na minha vida grandes milagres foram feitos por ele.

4) Um desejo seu para um mundo melhor:

- O meu desejo é que as pessoas se perdoem e se amem verdadeiramente.

5) Uma mensagem para os jovens do MEJ da Paróquia de São Benedito de Pilares, Rio de Janeiro:

- Queridos jovens cariocas, que vocês sigam a Jesus sempre. Só Ele salva. Sejam exemplos vivos de Cristo. Vivam segundo as suas leis e amem, amem muito, principalmente aqueles que não amam vocês, porque são estes que te levaram ao céu.

Obrigado Beta você é demais, que o Senhor Deus lhe cubra de graças, ele é o nosso Rei e guia nossos passos e não nos deixa fraquejar. Que o seu coração sempre fique aberto para Deus agir, amém!!!

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE 2008 - SYDNEY, AUSTRALIA


Olá amados e amadas, eu estou aqui para dizer que com muito orgulho vou estar viajando para Sydney - Australia, numa experiência maravilhosa, reunido com jovens do mundo inteiro para participar da JMJ 2008 - Jornada Mundial da Juventude 2008 (WYD 2008 - World Young Day 200). Saiba que em Cristo somos Um, e nessa unidade que buscamos em nosso movimento estaremos juntos de coração e pensamento, em plena sitonia. Agradeço a todo carinho de vocês e a surpresa da equipe, vocês mudam a minha vida. Deus é muito bom para mim, que ele possa aumentar a minha fé a cada dia, e que um dia eu possa ser digno de tudo isso, que eu nunca me afaste de ti, meu Senhor e meu Deus. Nossa Senhora, Mãe Maria, interceda por mim e por esse movimento, para que possamos ser instrumentos na mão de Deus, reflexo Dele em nossas atitudes, que tenhamos coração puro e a certeza de que crendo em Cristo e seguindo seus mandamentos, somos mais que vencedores.Manda avisar que eu vou voltar, ou melhor nós vamos voltar!!! " Movimento não fica parado (enquanto não ver) Jesus Sacramentado!!!"
Um só coração e uma só alma!!!

terça-feira, 1 de julho de 2008

O Precioso Sangue de Cristo

O mês de julho a Igreja dedica ao preciosíssimo Sangue de Cristo, derramado pelo perdão dos nossos pecados. E o dia 2 de julho é o dia do Sangue de Cristo. O Sangue de Cristo representa a Sua Vida humana e divina, de valor infinito, oferecida à Justiça divina para o perdão dos pecados de todos os homens de todos os tempos e lugares. Quem for batizado e crer, como disse Jesus, será salvo (Mc 16,16) pelo Sangue de Cristo.
Em cada Santa Missa a Igreja renova, presentifica, atualiza e eterniza este Sacrifício de Cristo pela Redenção da humanidade. Em média, a cada quatro segundos essa oferta divina sobe ao Céu em todo o mundo.
O Catecismo da Igreja ensina que mesmo que o mais santo dos homens tivesse morrido na cruz, seria o seu sacrifício insuficiente para resgatar a humanidade das garras do demônio; era preciso um sacrifício humano, mas de valor infinito. Só Deus poderia oferecer este sacrifício; então, o Verbo divino, dignou-se assumir a nossa natureza humana, para oferecer a Deus um sacrifício de valor infinito. A majestade de Deus é infinita; e foi ofendida pelos pecados dos homens. Logo, só um sacrifício de valor infinito poderia restabelecer a paz entre a humanidade e Deus.
“Mas eis aqui uma prova brilhante de amor de Deus por nós: quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Portanto, muito mais agora, que estamos justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5,8-9). São Pedro ensina que fomos resgatados pelo Sangue do Cordeiro de Deus, mediante “a aspersão do seu sangue” (1Pe 1, 2). “Porque vós sabeis que não é por bens perecíveis, como a prata e o ouro, que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver, recebida por tradição de vossos pais, mas pelo precioso Sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum, aquele que foi predestinado antes da criação do mundo.” (1Pe1,19)
Ao despedir dos bispos de Éfeso, em lágrimas, S.Paulo pede que cuidem do rebanho de Deus contra os hereges que já surgiam naquele tempo, porque este rebanho foi “adquirido com o seu Sangue” (At 20,28).
Para os judeus a vida estava no sangue (cf. Lv 11, 17), e por isso eles não comiam o sangue dos animais; na verdade, a vida está na alma e não no sangue; mas para eles o sangue tinha este significado. É muito interessante notar que no dia da Páscoa, a saída do povo judeu do Egito, naquela noite da morte dos primogênitos, Deus, segundo o entendimento do povo, mandou que este passasse o sangue do cordeiro imolado nos umbrais das portas para que o Anjo exterminador não causasse a morte do primogênito naquela casa.
Este sangue do cordeiro simbolizava e prefigurava o Sangue de Cristo, da Nova e Eterna Aliança que um dia seria celebrada no Calvário. É por isso que S.João Batista, o Precursor de Jesus, ao anunciá-lo aos judeus vai dizer: “Este é o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo” (Jo 1, 19). É a missão de Cristo, ser o Cordeiro de Deus imolado por amor dos homens.
É este Sangue de Cristo que nos purifica de todo pecado:
“Se, porém, andamos na luz como ele mesmo está na luz, temos comunhão recíproca uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado” (1Jo 1, 7). “Jesus Cristo, testemunha fiel, primogênito dentre os mortos e soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, que nos lavou de nossos pecados no seu Sangue e que fez de nós um reino de sacerdotes para Deus e seu Pai, glória e poder pelos séculos dos séculos! Amém.” (Ap 1, 5)
“Cantavam um cântico novo, dizendo: Tu és digno de receber o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste imolado e resgataste para Deus, ao preço de teu Sangue, homens de toda tribo, língua, povo e raça; e deles fizeste para nosso Deus um reino de sacerdotes, que reinam sobre a terra” (Ap 5, 9-10).
Os mártires derramaram o seu sangue por Cristo, na força do seu Sangue: “Mas estes venceram-no por causa do Sangue do Cordeiro e de seu eloqüente testemunho. Desprezaram a vida até aceitar a morte” (Ap 12, 11). O Apocalipse ainda nos mostra que os santos lavaram as suas vestes (as almas) no Sangue de Cristo: “Esses são os sobreviventes da grande tribulação; lavaram as suas vestes e as alvejaram no Sangue do Cordeiro” (Ap 7, 14).
Hoje esse Sangue redentor de Cristo está à nossa disposição de muitas maneiras. Em primeiro lugar pela fé; somos justificados por esse Sangue ensina S. Paulo: “Mas eis aqui uma prova brilhante de amor de Deus por nós: quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Portanto, muito mais agora, que estamos justificados pelo seu Sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5, 8-9).
Ele está à nossa disposição também no Sacramento da Confissão; pelo ministério da Igreja e dos sacerdotes o Cristo nos perdoa dos pecados e lava a nossa alma com o seu precioso Sangue. Infelizmente muitos católicos ainda não entenderam a profundidade deste Sacramento e fogem dele por falta de fé ou de humildade. O Sangue de Cristo perdoa os nossos pecados na Confissão e cura as nossas enfermidades espirituais e psicológicas.
Este Sangue está presente na Eucaristia: Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus. Na Comunhão podemos ser lavados e inebriados pelo Sangue redentor do Cordeiro sem mancha que veio tirar o pecado de nossa alma. Mas é preciso parar para adorá-lo no Seu Corpo dado a nós. Infelizmente muitos ainda comungam mal, com pressa, sem Ação de Graças, sem permitir que o Sangue Real e divino lave a alma pecadora e doente.  
Prof. Felipe Aquino

sexta-feira, 27 de junho de 2008

LITURGIA DIÁRIA

Evangelho (Mateus 8,1-4)
Mistério da Santa Cruz


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Tendo Jesus descido do monte, numerosas multidões o seguiam. Eis que um leproso se aproximou e se ajoelhou diante dele, dizendo: "Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar". Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: "Eu quero, fica limpo". No mesmo instante, o homem ficou curado da lepra. Então Jesus lhe disse: "Olha, não digas nada a ninguém, mas vai mostrar-te ao sacerdote, e faze a oferta que Moisés ordenou, para servir de testemunho para eles".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Aviso



Os ensaios para a FESTA JUNINA serão nos próximos dias 21 e 22/06 às 18h e 15h, respectivamente. Arrumem seus pares e VÃO BORA!

Olha a chuva!!!
lol lol lol
É mentira...
;)

Nós Estamos Aqui: O Pálido Ponto Azul

Para reflexão...

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Garoto Propaganda...




Saca só  as fotos do nosso garoto propaganda...rs
Altos investimentos realizados pelo nosso setor de marketing...rs

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Primeira Comunhão

   


   


Eis as fotos de nossas mininas fazendo sua PRIMEIRA COMUNHÃO!
Depois de uma longa caminhada eis que o grande dia chegou.
Parabéns Andressa, Natalia, Nicole e Talise!!!!

A Biblia e o celular



Já imaginou o que aconteceria se tratássemos a nossa Bíblia do jeito que tratamos o nosso celular?
E se sempre carregássemos a nossa Bíblia no bolso ou na bolsa?
E se déssemos uma olhada nela várias vezes ao dia?
E se voltássemos para apanhá-la quando a esquecemos em casa, no escritório... ?
E se a usássemos para enviar mensagens aos nossos amigos?
E se a tratássemos como se não pudéssemos viver sem ela?
E se a déssemos de presente às crianças?
E se a usássemos quando viajamos?
E se lançássemos mão dela em caso de emergência?

Ao contrário do celular, a Bíblia não fica sem sinal. Ela 'pega' em qualquer lugar.
Não é preciso se preocupar com a falta de crédito porque Jesus já pagou a conta e os créditos não têm fim.
E o melhor de tudo: não cai a ligação e a carga da bateria é para toda a vida.
'Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto'! (Is 55:6)

TELEFONES DE EMERGÊNCIA:
Quando você estiver triste, ligue João 14.
Quando pessoas falarem de você, ligue Salmo 27.
Quando você estiver nervoso, ligue Salmo 51.
Quando você estiver preocupado, ligue Mateus 6:19,34.
Quando você estiver em perigo, ligue Salmo 91.

Quando Deus parecer distante, ligue Salmo 63.
Quando sua fé precisar ser ativada, ligue Hebreus 11.
Quando você estiver solitário e com medo, ligue Salmo 23.
Quando você for áspero e crítico, ligue 1 Coríntios 13.
Para saber o segredo da felicidade, ligue Colossenses 3:12-17.
Quando você sentir-se triste e sozinho, ligue Romanos 8:31-39.
Quando você quiser paz e descanso, ligue Mateus 11:25-30.
Quando o mundo parecer maior que Deus, ligue Salmo 90.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Somos diferentes. Será que pode dar certo?



A diferença entre nós nos leva a viver a complementaridade
O que você entende por diferente? Tratando-se de um relacionamento, qual é o melhor: Ser igual ou diferente? A meu ver, diferente é melhor.
Pois a própria definição da palavra "diferente" nos mostra a necessidade de sermos "diferentes" para criar um relacionamento, principalmente, a dois. Em um relacionamento precisamos dessa distinção, sermos dois em busca do um, sem nos confundirmos.
O ser desigual, irregular, nos permite viver a complementaridade tão necessária para que o relacionamento aconteça. Por isso costumamos dizer que as coisas casam: a tampa com a panela; o pé com o sapato; a porca e o parafuso, entre outros. Com o ser humano também acontece isso. Precisamos ser diferentes para casar.
É para isso que namoramos e noivamos – a fim de descobrirmos a alegria das diferenças que nos casam e, conseqüentemente, nos levarão ao matrimônio. Portanto, precisamos viver bem cada etapa, valorizando cada descoberta, pois elas serão o sustento contra a monotonia causada pela igualdade. Para nós, tem sido uma descoberta diária de que a diferença entre nós nos leva a viver a complementaridade e nos impulsiona a vivermos melhor.
Percebemos que o próprio Deus, em Seu ato criador, nos criou diferentes: homem e mulher. Cada qual com suas características físicas e psíquicas, as quais precisam ser descobertas e respeitadas para que a cumplicidade aconteça e desmascaremos o egoísmo, o orgulho, a acomodação, a preguiça, a auto-suficiência, etc.

domingo, 8 de junho de 2008

Dica para os visitantes do BLOG

Quer estar sempre atualizado com tudo o que rola aqui no nosso BLOG?
Então ai vai uma dica:
Cadastre-se em nosso BLOG com seu email (É GRÁTIS!). Para isso, basta informar seu endereço de email no campo que aparece na lateral direita da sua tela, como aqui em baixo:




Após clicar em "Cadastrar" você receberá um email de confirmação de cadastro onde haverá um link para validar seu enderço de email.
Pronto! Agora é só curtir todas as novidades do nosso BLOG!

Fotos do dia

Primeiramente gostariamos hoje de dar as BOAS VINDAS aos novos mejistas que participaram do primeiro encontro hoje!  lol lol lol
Esperamos que vocês estejam sempre conosco participando ativamente desta família chamada MEJ.
Por pura providencia divina, eu, sem saber que haveriam novos mejistas, levei um camera e acabei tirando fotos dessa galera ai. Olha só!








sábado, 31 de maio de 2008

Para Refletir - Só Deus Tem a Resposta Certa

Só Deus Tem a Resposta Certa

Você diz: "Isto é impossível"
Deus diz: "Tudo é possível" (Lucas 18,27)
Você diz: "Eu estou cansado"
Deus diz: " Eu lhe darei o repouso" (Mateus 11,28-30)
Você diz: " Ninguém me ama de verdade"
Deus diz: "Eu o amo" (João 3,16 João 13,34)
Você diz: "Não tenho condições"
Deus diz: "Minha graça é suficiente" (II Coríntios 12,9)
Você diz: "Não vejo saída"
Deus diz: "Eu guiarei seus passos" (Provérbios 3,5-6)
Você diz: "Eu não posso fazer"
Deus diz: "Você pode fazer tudo" (Filipenses 4,13)
Você diz: "Eu estou angustiado"
Deus diz: "Eu o livrarei da angústia" (Salmo 90,1)
Você diz: "Não vale a pena"
Deus diz: "Tudo vale a pena" (Romanos 8,26)
Você diz: "Eu não mereço perdão"
Deus diz: "Eu o perdôo" (I João1,9; Romanos 8,1)
Você diz: "Não vou conseguir"
Deus diz: "Eu suprirei todas as suas necessidades" (Filipenses 4,19)
Você diz: "Estou com medo"
Deus diz: "Não lhe dei um espírito de medo" (II Timóteo 1,7)
Você diz: "Estou sempre frustrado e preocupado"
Deus diz: Confie-me todas as suas preocupações" (I Pedro 5,7)
Você diz: "Não tenho talento suficiente"
Deus diz: " Eu lhe dou sabedoria" (I Coríntios 1,30)
Você diz: " Não tenho fé"
Deus diz: " Eu dei a cada um uma medida de fé" (Romanos 12,3)
Você diz: " Eu me sinto só e desamparado"
Deus diz: " Nunca o deixarei, nem desampararei" (Hebreus 13,5)

domingo, 25 de maio de 2008

Procissão de Copus Christi












sexta-feira, 23 de maio de 2008

A Regra de Ouro

Aviso aos atrasados de plantão:

A partir deste domingo iremos implantar a REGRA DE OURO. Trata-se de aproveitarmos melhor o tempo que temos para partilharmos e crescermos juntos nos nossos encontros. Não podemos deixar para começar o encontro com 15, 20 ou as vezes 30 minutos de atraso como tem ocorrido e, por isso, quem não chegar pontualmente no horário dos encontros não poderá mais entrar no meio. Ou seja, o encontro começará IMPRETERÍVELMENTE as 9h com a nossa oração inicial e animação havendo apenas uma tolerancia de 15 minutos. Casos especiais serão tratados com a equipe.
Domingo explicaremos melhor essa história...

Fiquem com Deus!

terça-feira, 20 de maio de 2008

AVISO EXTRAORDINÁRIO!!




5ª FEIRA
temos PROCISSÃO DE CORPUS CHRISTI NO CENTRO DA CIDADE.
Nos encontraremos as 14h30m na Paróquia de São Benedito.
Todos devem estar com a camisa e fita(para qm tem).

Contamos com vcs!!!

segunda-feira, 19 de maio de 2008

A solenidade de Corpus Christi




A solenidade do Corpo de Deus remonta o século XII, quando foi instituída pelo Papa Urbano IV em 1264, através da bula “Transiturus”, que prescreveu esta solenidade para toda a Igreja Universal.
A origem da festa deu-se por um fato extraordinário ocorrido ao ano de 1247, na Diocese de Liége – Bélgica. Santa Juliana de Cornillon, uma monja agostiniana, teve consecutivas visões de um astro semelhante à lua, totalmente brilhante, porém com uma incisão escura. O próprio Jesus Cristo a ela revelou que a lua significava a Igreja, a sua claridade as festas e, a mancha, sinal da ausência de uma data dedicada ao Corpo de Cristo. Santa Juliana levou o caso ao bispo local que, em 1258, acabou instituindo a festa em sua Diocese.
O fato, na época, havia sido levado também ao conhecimento do bispo Jacques de Pantaleón que, quase duas décadas mais tarde, viria a ser eleito Papa (Urbano IV), ou seja, ele próprio viria a estender a solenidade a toda a Igreja Universal. O fator, que deflagrou a decisão do Papa, e que viria como que a confirmar a antiga visão de Santa Juliana, deu-se por um grande milagre ocorrido no segundo ano de seu pontificado: O milagre eucarístico de Bolsena, no Lácio, onde um sacerdote tcheco, Padre Pietro de Praga, colocando dúvidas na presença real de Cristo na Eucaristia durante a celebração da santa Missa, viu brotar sangue da hóstia consagrada. (Semelhante ao milagre de Lanciano, ocorrido no início do Século VIII). O fato foi levado ao Papa Urbano IV, que encarregou o bispo de Orvietro a levar-lhe as alfaias litúrgicas embebidas com o Sangue de Cristo. Instituída para toda a Igreja, desde então, a data foi marcada por concentrações, procissões e outras práticas religiosas, de acordo com o modo de ser e de viver de cada país, de cada localidade.
No Brasil, a festa foi instituída em 1961. A tradição de enfeitar as ruas com tapetes ornamentados originou-se em Ouro Preto, Minas Gerais e a prática foi adotada em diversas dioceses do território nacional. A celebração de Corpus Christi consta da santa missa, da procissão e da adoração do Santíssimo. Lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento, esse povo foi alimentado com o maná no deserto e hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo. Durante a missa, o celebrante consagra duas hóstias, sendo uma consumida e a outra apresentada aos fiéis para adoração, como sinal da presença de Cristo vivo no coração de sua Igreja.
Reflexões
Nós católicos, temos a plena convicção da presença real de Cristo na Eucaristia. Jesus está verdadeiramente presente, de dia e de noite, em todos os Sacrários do mundo inteiro. Contudo, nos parece que esta certeza já não reside com tanta intensidade no coração do homem moderno. O maior Tesouro que existe sobre a terra, "que possui o valor do próprio Deus", a Eucaristia, Cristo a deixou para os homens .... de graça! Se mesmo na condição de pecadores, assombramo-nos com o descaso a tão valioso Sacramento, impossível assimilar o sentimento de Deus ante a indiferença dos homens com a Eucaristia.
Ao contrário do que se imagina, a Igreja está mais preocupada em pregar e difundir a Sã Doutrina, do que com o número de ovelhas em seu aprisco. A Igreja não trabalha baseada em dados estatísticos, mas com a difusão do Evangelho. Nesse sentido, lembremos que houve debandada geral da turba quando Jesus revelou publicamente: "Minha carne é verdadeiramente comida e meu Sangue, verdadeiramente bebida". Ao ouvir isto, o povo escandalizado deu as costas à Jesus; todos evadiram-se, restando apenas doze. Jesus não deu maiores explicações, nem correu atrás da multidão desolada, pelo contrário, simplesmente perguntou aos doze: "Quereis vós também retirar-vos?". No que São Pedro respondeu: "A quem iríamos nós, Senhor? Só Tu tens palavras de vida eterna" (Cf. Jo 6, 52 - 68). Portanto, é absolutamente claro que: "Jesus não depende das multidões, as multidões é que dependem d'Ele", assim como "A Igreja de Cristo não depende dos fiéis, os fiéis é que dependem dela para chegarem a Cristo" (Livro Oriente).
Ao aproximarmo-nos do Santo Sacrário, tenhamos a confiança de dizer "Meu Senhor e meu Deus", certos de que Ele está ali, Vivo, Real e Verdadeiro a ouvir nossas preces e a contemplar nossa fé. E esta fé, é uma formidável bem-aventurança que recebemos de Jesus, por intermédio das dúvidas levantadas por São Tomé, a quem o Mestre disse: "Creste, porque me viste. Felizes aqueles que crêem sem ter visto!" (Jo 21, 29)

domingo, 18 de maio de 2008

AS COISAS NEM SEMPRE SÃO O QUE PARECEM

Dois Anjos viajantes pararam para passar a noite na casa de uma família muito rica.
A família era rude e não permitiu que os Anjos ficassem no quarto de hóspedes da mansão.
Em vez disso, deram aos Anjos um espaço pequeno no frio sótão da casa.
À medida que eles faziam a cama no duro piso, o Anjo mais velho viu um buraco na parede e o tapou. Quando o Anjo mais jovem perguntou: por que?
O Anjo mais velho respondeu:
"As coisas nem sempre são o que parecem".

Na noite seguinte, os dois anjos foram descansar na casa de um casal muito pobre, mas o senhor e sua esposa eram muito hospitaleiros.
Depois de compartilhar a pouca comida que a família pobre tinha, o casal permitiu que os Anjos dormissem na sua cama onde eles poderiam ter uma boa noite de descanso.
Quando amanheceu, ao dia seguinte, os anjos encontraram o casal banhado em lágrimas.
A única vaca que eles tinham, cujo leite havia sido a única entrada de dinheiro, jazia morta no campo.
O Anjo mais jovem estava furioso e perguntou ao mais velho:
“Como você permitiu que isto acontecesse?”.
O primeiro homem tinha de tudo e, no entanto, você o ajudou.
“O Anjo mais jovem o acusava”.
"A segunda família tinha pouco, mas estava disposta a compartilhar tudo, e você permitiu que a vaca morresse".

"As coisas nem sempre são o que parecem”, respondeu o anjo mais velho.
“Quando estávamos no sótão daquela imensa mansão, notei que havia ouro naquele buraco da parede”.
Como o proprietário estava obcecado com a avareza e não estava disposto a compartilhar sua boa sorte, fechei o buraco de maneira que ele nunca mais o encontraria.”“.

“Depois, ontem à noite, quando dormíamos na casa da família pobre, o anjo da morte veio em busca da mulher do agricultor”.
E eu lhe dei a vaca em seu lugar.
As coisas nem sempre são como parecem.”“.

Algumas vezes, é exatamente isso que acontece quando as coisas não saem da maneira como esperamos.
Se você tiver fé, somente necessita confiar que sejam quais forem às coisas que aconteçam, sempre serão uma vantagem para você.
E talvez você venha a compreender isto só um pouco mais tarde…

Algumas pessoas passam por nossas vidas e se vão rapidamente…

Algumas pessoas
Se convertem em amigos
E permanecem por algum tempo...
Deixando lindas marcas em nossos corações...

E nunca voltamos a ser os mesmos, porque conseguimos um bom amigo!!

O ontem é história.
O amanhã um mistério.
O hoje é uma dádiva.
E é por isto que se chama Presente!

Acredito que esta vida é especial...
Então viva e saboreie cada momento…
Isto não faz parte da apresentação de um show!


(\ /)
( \ __ / )
( \( )/ ) TOME ESTE PEQUENO ANJO
( / \ ) E CONSERVE-O PERTO DE VOCÊ
( / \/ \ ) É SEU ANJO GUARDIÃO MUITO ESPECIAL
/ \ ENVIADO PARA CUIDAR DE VOCÊ
( )
____

quinta-feira, 15 de maio de 2008

PARABÉNS ROSARIA!!!!



A homenagem tarda, mas não falha...eheheh
Você não pensou que seu aniversário ia passar despercebido, não é?
Todos nós do MEJ estamos em festa pelo dia de hoje em que nosa dirigente Rosária completa mais um ano de vida!!!

Um Viva a Rosária !!!  lol lol lol



quarta-feira, 14 de maio de 2008

25 Toques para ser Feliz!

1. Seja ético. A vitória que vale a pena é a que aumenta sua dignidade e reafirma valores profundos. Pisar nos outros para subir desperta o desejo de vingança.
2. Estude sempre e muito. A glória pertence aquele que tem um trabalho especial para oferecer.
3. Acredite sempre no amor. Não fomos feitos para a solidão. Se você está sofrendo por amor, ou está com a pessoa errada ou amando de uma forma ruim para você. Caso tenha se separado, curta a dor, mas se abra para outro amor.
4. Seja grato a quem participa das suas conquistas.O verdadeiro campeão sabe que as vitorias são alimentadas pelo trabalho em equipe. Agradecer é a melhor maneira de deixar todos motivados.
5. Eleve suas expectativas. Pessoas com sonhos grandes obtém energia para crescer. Os perdedores dizem: "Isso não é para nós". Os vencedores pensam em como realizar seu objetivo.
6. Curta muito a sua companhia. Casamento dá certo para quem não é dependente. Aprenda a viver feliz mesmo sem uma pessoa ao lado. Se não tiver com quem ir ao cinema, vá com a pessoa mais fascinante: você!
7. Tenhas metas claras. A história da humanidade é cheia de vidas desperdiçadas. Amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam a carreiras de sucesso. Ter objetivos evita o desperdício de tempo, energia e dinheiro.
8. Cuide bem do seu corpo. Alimentação, sono e exercícios são fundamentais para uma vida saudável. Seu corpo é seu templo. Gostar da gente deixa as portas abertas para que os outros gostem também.
9. Declare o seu amor. Cada vez mais as pessoas devem exercer seu direito de buscar o que querem (sobretudo no amor), mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais.
10. Amplie os relacionamentos profissionais. Os amigos são a melhor referência em crises e a melhor fonte de oportunidades na expansão. Ter bons contatos é essencial em momentos decisivos.
11. Seja simples. Retire de sua vida tudo o que lhe dá trabalho e preocupação desnecessários. Crie espaço para desfrutar mais a viagem da vida.
12. Mulher, não imite o modelo masculino. Os homens fizeram sucesso a custa da solidão e da restrição aos sentimentos. O preço tem sido alto: infartos e suicídios. Sem duvidas, temos mais a aprender com as mulheres do que vocês conosco. Preserve a sensibilidade feminina - é mais natural e lucrativa.
13. Tenha um orientador. Viver é decidir na neblina sabendo que o resultado só será conhecido quando pouco restar a fazer. Procure alguém de confiança, de preferência mais experiente e bem sucedido, para lhe orientar nas indecisões.
14. Jogue fora o vicio da preocupação. Viver tenso e estressado está virando moda. Parece que ser competente e estar de bem com a vida são coisas incompatíveis. Bobagem! Defina suas metas, conquiste-as e deixe a neura para quem gosta dela!
15. O amor é um jogo cooperativo. Se vocês estão juntos, é para jogar no mesmo time. Ficar mostrando dificuldades do outro ou lembrando suas fraquezas para os amigos não tem graça.
16. Tenha amigos vencedores. Campeões falam de e com campeões. Perdedores só tocam na tecla perdedores. Aproxime-se de pessoas com alegria de viver e afaste-se de gente baixo-astral, que seca até espada-de-são-jorge.
17. Diga adeus a quem não merece. Alimentar relacionamentos que só trazem sofrimento é masoquismo atrapalha sua vida. Não gaste vela com mau defunto. Se você tiver um cônjuge que não esteja usando, empreste, venda, alugue, doe e deixe espaço livre para um novo amor.
18. Resolva. Uma pessoa deve limpar de sua vida as situações e os problemas desnecessários. Saiba tomar decisões, mesmo as antipáticas. Você otimizará seu tempo e seu trabalho. A Vida fluirá muito melhor.
19. Aceite o ritmo do amor. Assim como ninguém vai empolgadíssimo todos os dias para o trabalho, ninguém está sempre no auge da paixão. Cobrar de si e do outro viver nas nuvens é o começo de muita frustração.
20. Celebre as vitórias. Compartilhe o sucesso, mesmo pequenas conquistas, com pessoas queridas. Grite, chore encha-se de energia para os desafios seguintes.
21. Perdoe. Se você quer continuar com uma pessoa, enterre o passado para viver feliz. Todo mundo erra, a gente também.
22. Tenha ídolos. Uma pessoa que você admira é uma fonte de inspiração. Ajuda a tomar decisões e a evitar desvios de rota.
23. Arrisque! O amor não é para covardes. Quem fica a noite em casa sozinho só terá de decidir que pizza pedir. E o único risco que corre será o de engordar.
24. Tenha uma vida espiritual. Conversar com Deus é o máximo, especialmente para agradecer. Reze antes de dormir. Faz bem ao sono e a alma. Oração, meditação são forças de inspiração.
25. Planeje bem uma mudança. Os arquitetos gostam de conhecer bem as pessoas e discutir o projeto antes de começar a obra. Fazer tudo de supetão leva a desgastes desnecessários. A melhor ação é a análise do novo projeto de vida.

LITURGIA DIÁRIA




Evangelho (João 15,9-17)

Quarta-Feira, 14 de Maio de 2008
São Matias, Apóstolo



— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 9Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. 10Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor.
11E eu vos disse isto, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena. 12Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. 13Ninguém tem amor maior do que aquele que dá sua vida pelos amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. 15Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que faz o seu senhor. Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai.
16Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e para que produzais fruto e o vosso fruto permaneça. O que então pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo concederá. 17Isto é o que vos ordeno: amai-vos uns aos outros.


- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.



CHAT - by google lively